Conheça mais sobre os serviços de marcenaria e suas ferramentas

by redator 0 Comments
Conheça mais sobre os serviços de marcenaria e suas ferramentas

Em algum momento da vida, as pessoas procuraram ou vão recorrer aos serviços de marcenaria. Os profissionais dessa arte é que são os responsáveis pela construção dos móveis tão necessários em qualquer projeto, pela utilidade e também pela função decorativa de residências e escritórios.

Em meio a tantas possibilidades de decoração e construção, contar com um projeto personalizado é uma opção muito buscada pelas pessoas e continua sendo um nicho de negócio bastante atrativo.

Por isso, a necessidade de aprimorar esses desejos e atender as demandas de um público cada vez mais preocupado com a estética, exige que as empresas desse ramo invistam em ferramentas para marcenaria que aprimorem o trabalho.

Se você tem uma marcenaria, ou se interessa por essa área, continue lendo este artigo, pois ele foi pensado especialmente para falar sobre esse assunto.

Ferramentas para marcenaria

Trena, esquadro de carpinteiro, régua, serra e grampos. Esses materiais são comuns na rotina de qualquer marceneiro.

No entanto, assim como em outras áreas do setor industrial ou da construção civil, é comum que as ferramentas se atualizem com o passar do tempo e é interessante que os profissionais acompanhem a evolução dessas ferramentas gerais.

Claro que as técnicas e a imaginação para construir diversos estilos de móveis e projetos diferenciados é uma coisa que nunca vai sair de moda.

Mas, contar com instrumentos que potencializem esse trabalho é uma mão na roda para os marceneiros. Por isso, vale a pena conferir o que cada acessório pode fazer na prática.

Grampeador pneumático

Com estilos e marcas variadas, o grampeador pneumático é uma ferramenta que pode ajudar a aprimorar o processo de montagem de móveis e serviços de carpintaria.

Geralmente esse produto é usado para o manuseio e a fixação de grampos, pregos e tarraxas em grande quantidade e exigência.

O caráter pneumático do instrumento se deve ao funcionamento da ferramenta, movida a partir de ar comprimido, o que facilita a utilização em materiais mais rígidos.

Além de otimizar grandes projetos, o grampeador pneumático conta com vantagens como:

  • Facilidade de manuseio;

  • Otimização do trabalho, sem perder detalhes;

  • Leveza e praticidade.

Grampeador de madeira

Também movido a ar comprimido, esse material garante mais praticidade na hora de fixar grampos e estruturas dos móveis.

Assim como o modelo do tópico anterior, o grampeador de madeira é indicado para projetos complexos e mais longos.

Há vários formatos e modelos desse dispositivo, mas, de forma geral, ele serve para fixar os pregos de forma simples, sem esforço contínuo e movimentos repetitivos .

Furadeira: a boa e velha ferramenta

Apesar da tecnologia e da evolução das ferramentas, utensílios como a furadeira nunca saem de cena no mundo da construção de móveis.

Há uma diversidade desses objetos no mercado, mas de forma geral, esse recurso não pode faltar no ajuste e na fixação de móveis.

Essencialmente, esse produto é feito apenas para realizar furos em superfície. Independente desta ser de madeira ou não.

Antes de escolher qual é a furadeira certa pra você, é importante entender quais são os seus objetivos.

Modelos de impacto, por exemplo, são ideais para realizar furos contínuos na superfície – processo necessário para alguns projetos.

Há equipamentos mais voltados para bancada, que se ajustam para o corte de peças maiores. Essa opção é a mais usada em marcenarias e serralherias.

Ferramentas para marcenaria

Independente da ferramenta ou do instrumento, é bom destacar que investir nos serviços de marcenaria, sempre prezando pela qualidade é algo que nunca vai sair de moda.

A qualidade dos móveis, a fabricação personalizada e a combinação de projetos que sejam capazes de resgatar designs retrôs com materiais atuais é uma tendência no meio e pode compor estratégias para o negócio.

Por isso, há algumas ferramentas gerais que nunca podem sair da vista dos marceneiros. São elas:

  • Cuidado com a execução do projeto;

  • Criatividade (para estilos rústicos, clássicos e modernos);

  • Capacidade de criar móveis funcionais e decorativos;

  • Organização dos instrumentos de trabalho;

  • Controle da qualidade de cada móvel.

Ao seguir todas essas dicas e tendências, é certo que as chances do seu negócio se destacar no ramo da marcenaria são mais altas.

Em um mundo no qual é possível fabricar móveis, inclusive com a tecnologia da impressão 3d, ter móveis personalizados e com um toque único de marcenaria pode despertar o desejo de muita gente.